Fit Cultural: sua importância e como aplicá-lo no RH

Além de experiência e know how, os profissionais de RH buscam pessoas que se identifiquem com a cultura da empresa Este alinhamento entre os soft skills e personalidade do colaborador, com os valores e com a missão da empresa, é o que chamamos de fit cultural.

Ao focar nesses elementos, a empresa consegue contratar profissionais com maior probabilidade de engajamento, produtividade e permanência na organização. 

Passo a passo para o fit cultural 

Antes de contratar, é importante avaliar quais são valores, crenças e características comportamentais da sua organização. Se eles não estão definidos, é necessário que você siga algumas etapas para ter uma melhor compreensão da cultura da sua empresa antes de colocar em prática o fit cultural.

1º passo:  Analise os principais atributos da organização:

  • Os profissionais nos cargos de liderança refletem os valores da empresa?
  • Os funcionários têm voz para tomadas de decisão ou é mais centralizada?
  • Os líderes e funcionários buscam adquirir novos conhecimentos e habilidades?
  • A comunicação interna é aberta ou fechada?
  • Como a empresa avalia novas ideias e mudanças?

2º passo: Juntamente com sua equipe defina quais são os valores e as crenças de sua organização.

3º passo: Mapeie e faça uma comparação entre as práticas buscadas no 2º passo, com as práticas atuais de sua empresa, e veja quais melhorias são necessárias para alcançar o que almejam.

4º passo: Coloque no papel o culture code. Esse documento descreve todas as práticas da cultura organizacional. Por isso, é importante conter: missão, valores, como viver e trabalhar de acordo com esta cultura, tradições e crenças. Esse código é essencial para guiar o fit cultural.

5º passo: Com a ajuda da liderança, implemente e reforce os novos valores dentro da sua empresa.

6º passo: Agora é o momento de colocar em prática estratégias para que a organização trabalhe o fit cultural de maneira assertiva. Para isso algumas ações podem ser realizadas:

  • Compartilhar na página de carreira da empresa e na seção do site “trabalhe conosco” sua missão, visão, valores.
  • Trabalhar bem a descrição das vagas detalhando as competências comportamentais do candidato, as competências almejadas, os valores da empresa e da área da vaga em questão.
  • Aplicar o teste de perfil comportamental online para avaliar os padrões de comportamento dos candidatos. Ele é um ótimo filtro para a primeira etapa do processo seletivo.
  • Realizar dinâmica de grupo para entender como os candidatos reagem à situações, problemas, ao trabalho em equipe e a interação com pessoas diferentes e desconhecidas.
  • Fazer uma entrevista comportamental para identificar os traços e características de cada perfil.
  • Avaliar o histórico de trabalho do candidato, observando se o perfil das empresas em que ele já trabalhou se assemelham com o da sua organização.

Para que uma empresa tenha sucesso é preciso garantir que os colaboradores sintam-se parte da organização e compartilhem da cultura organizacional. Por isso, o fit cultural é importante. Ele garante que os melhores talentos sejam contratados e que estes permaneçam em sua organização.  Ao investir nessa estratégia sua empresa só tem a ganhar.

Agora que você já conheceu o conceito, que tal usar essas dicas na sua seleção de talentos?

Deixe uma resposta