Descubra agora o que é Natural Language Processing

Natural Language Processing (ou em português, Processamento de Linguagem Neural), se refere a tecnologia que tem como ponto principal entender a linguagem humana a partir de aparelhos eletrônicos e, através disso, solucionar as demandas de cada usuário.

Estas tecnologias funcionam como um tradutor que – como o próprio nome já diz – é capaz de traduzir o que determinada pessoa busca e dar a ela, respostas do que realmente procura.

Um exemplo desta tecnologia, são as pesquisas realizadas na plataforma Google, que coleta os dados de pesquisa de cada usuário e usa estas informações para fornecer resultados que condizem com aquilo que ele está buscando.

O mesmo acontece em plataformas como a Netflix ou o YouTube, a tecnologia utilizada nestes sistemas é capaz de filtrar e segmentar recomendações de filmes ou vídeos relacionados com os termos de pesquisa mais acessados pelo usuário, bem como o assunto ou gênero de cada filme assistido.

A seguir, te explicamos um pouco mais sobre o que é Natural Language Processing (NLP) e a sua importância dentro do mercado corporativo. Acompanhe!

Afinal, o que é NLP?

Natural Language Processing (NLP), se estabelece como um tradutor automático, que permite à uma variável de dispositivos a capacidade, tanto de aprendizagem, quanto de raciocínio.

Mesmo que não seja especificamente através de códigos, mas sim, por intermédio da linguagem natural humana.

Basicamente, as máquinas que utilizam desta tecnologia são capazes de entregar respostas a cada usuário de acordo com o que eles estão buscando – e isso pode ser feito até mesmo através de pesquisas ou arquivos de áudio.

Um dos bons exemplos disso, são:

  • Sistemas de inteligência artificial: que se referem à todas aquelas tecnologias que integram um sistema de aprendizado inteligente e capaz de simular habilidades da inteligência humana, como tomada de decisões e raciocínio lógico;
  • Chatbots: que são os softwares de conversação capazes de simular uma linguagem natural humana – por vezes, é atribuído à sites, blogs, salas de bate-papo, e até mesmo conversas do WhatsApp.

Outro aspecto importante do Natural Language Processing (NLP), é a facilidade dele de analisar e traduzir os sentimentos de cada pessoa.

Essa análise é realizada através do que chamamos de mineração de opiniões, que é uma das áreas da NLP responsáveis por determinar e identificar as opiniões de cada pessoa através de textos.

O objetivo desta análise é extrair o máximo de informação possível sobre sentimentos, emoções e até mesmo atitudes do interlocutor.

Além disso, a análise é feita por intermédio da base computacional da subjetividade, que realiza o cálculo de todo conteúdo e o traduz através de classificações numéricas (como números de 1 a 5) ou, de classificações binárias.

Para exemplificar este último termo, as classificações binárias traduzem o que uma determinada pessoa escreveu, e indica isso através de variáveis, como gostar ou não gostar.

Natural Language Processing (NLP): como Funciona?

O NLP é o que dá aos dispositivos eletrônicos a capacidade de compreender o que cada usuário está dizendo através da sua linguagem natural.

Sendo assim, a tecnologia não só é capaz de traduzir o sentido de cada palavra mencionada (seja através de textos ou áudios), mas, como também identificar sentimentos ou emoções, interpretar textos, entender qual o contexto de uma conversa, etc.

E para relacionar todas estas informações e proporcionar uma melhor experiência para cada pessoa, a tecnologia de NLP utiliza o que popularmente é chamado de deep learning (ou tecnologia de aprendizado de máquina).

Esta tecnologia oferece aos dispositivos eletrônicos a aprendizagem contínua e progressiva após cada interação com o ser humano, afim de proporcionar respostas mais assertivas e que estejam de acordo com as expectativas de cada pessoa.

Entretanto, para que isso funcione, os modelos de Natural Language Processing (NLP), juntamente com o uso de Inteligência Artificial, precisam dominar dois elementos principais, que são:

  • Intenção;
  • E entidade.

A intenção é responsável por aquilo que levou o usuário a entrar em contato com um determinado serviço, ou seja, é o propósito que o levou a tomar tal ação, o objetivo da sua declaração.

Por outro lado, a entidade se diz a ferramenta que uma pessoa está utilizando para obter as respostas de que precisa.

Inserindo isso dentro de um contexto, é como se fossemos pesquisar por “marketing digital” na plataforma do YouTube – neste cenário, o YouTube seria a entidade, que é o local que está sendo utilizado para obter as respostas de nossas intenções.

Diante disso, equipes especializadas no assunto, devem trabalhar para aprimorar estas tecnologias de inteligência artificial, de forma que elas se tornem funcionais desde o primeiro comando.

E possam, assim, identificar as intenções de cada usuário – além, é claro, de se aprimorarem a cada nova interação.

O NLP não somente ajuda as pessoas a obterem respostas mais concretas, como também entender o que cada usuário precisa, de forma a solucionar os seus problemas e identificar suas “dores”.

Afinal das contas, a mente humana é complexa e ambígua, e se tratando de linguagem natural, entender todos os seus aspectos pode ser a chave para gerar mais resultados.

Restou alguma dúvida? por favor, não hesite em enviar sua mensagem. Vamos adorar te ajudar!

Deixe uma resposta